Caliandra rosa 50881

R$450,00

Código: 50881

Nome popular: Caliandra rosa

Nome científico: Calliandra brevipes

Idade aprox.: 15 anos

Altura com o vaso: 35 cm
Largura da copa: 27 cm
Diâmetro do tronco: 3 cm

Origem:
Existem mais de 190 espécies de Caliandras, distribuídas em regiões da América do Sul, América Central, América do Norte, África e Ásia. A Caliandra rosa, a Caliandra vermelha e a Caliandra espinosa são as três espécies mais conhecidas e mais trabalhadas como bonsai no Brasil.

Características:
Na natureza, são arbustos que podem chegar a formar pequenas árvores. Apresentam em sua maioria, folhas perenes e delicadas, que se fecham à noite ou quando a planta sofre um déficit hídrico. As flores podem ser brancas, rosas, vermelhas e amarelas de diversas tonalidades e sempre com o aspecto globoso com forma de pompom, característica típica destas espécies. Podem florescer várias vezes ao ano e os botões florais parecem pequenas framboesas. As flores dão origem a vagens de diversos tamanhos e quando maduras, se rompem espalhando suas sementes.

Ambiente:
O local ideal para o cultivo é sempre o ambiente externo e a pleno sol. Em locais muito sombreados a folhagem de torna menos densa e a tendência é florescer menos. É importante proteger as Caliandras das geadas durante o inverno.

Rega:
Manter o solo frequentemente úmido no verão, regando somente quando a superfície do vaso estiver levemente seca. Diminuir a rega durante os meses de inverno, principalmente em regiões de clima temperado.

Adubação:
Pode ser adubada durante o ano todo com adubos de liberação lenta e preferencialmente que contenham micronutrientes em sua composição. As Caliandras cultivadas como bonsai precisam de reposições periódicas de nutrientes para que se desenvolvam bem e para que tenham uma floração mais intensa. Recomeçar a adubação somente 30 dias após a realização do transplante.

Transplante:
A cada dois ou três anos, no final do inverno ou no início da primavera, cortando 50% das raízes. A Caliandra rosa não tolera podas radicais de raízes, mas se este for o caso, procurar reduzir também a parte aérea de forma radical.

Poda:
A poda de manutenção deverá ser feita durante toda a estação de crescimento. Corte os novos brotos deixando apenas uma ou duas folhas tão logo o broto tenha desenvolvido cinco ou seis. As Caliandras no geral toleram muito bem as podas radicais de galhos mais grossos, as quais deverão ser realizadas no final do inverno.

Aramação:
Cuidar ao manipular os galhos com maior diâmetro que podem se romper com uma certa facilidade. Os galhos mais jovens são flexíveis e fáceis de serem modelados.

Dicas:
Através da alporquia, que deverá ser feita no início da primavera, podemos obter em um curto espaço de tempo um excelente material, e já com um bom diâmetro de tronco.

Garantia

Como trabalhamos com plantas vivas, os envios podem se tornar um desafio. Temos um know-how acumulado ao longo dos anos que nos permite avaliar as condições necessárias para o envio de nossas plantas com rapidez e segurança.

1 em estoque

REF: 50881 Categorias: ,


Informação adicional

Peso 7 kg
Dimensões 42 × 38 × 52 cm