Conheça um pouco mais sobre o sistema de produção e os setores do viveiro.

A Bonsai do Campo é, hoje, o maior viveiro especializado na produção e comercialização de pré-bonsai e bonsai do Brasil. 
Uma área construída com mais de 500 m² abriga o escritório e dá o suporte necessário a parte operacional e de logística, produção de bonsai e armazenagem de produtos.
Em mais de 5.000 m² de sombrite com irrigação automática, criamos as condições ideais para a produção e armazenagem de bonsai em grande escala mantendo sempre a qualidade e as características primordiais desta arte milenar.

 

PRODUÇÃO

Desenvolvemos no viveiro o sistema de produção completo, utilizando as mais diversas e modernas técnicas de propagação, tais como; semeadura, enraizamento de estacas, alporquia e enxertia entre outros. Para isso, contamos com toda a estrutura necessária que hoje se divide em setores específicos.


Setor de enraizamento

O setor de enraizamento é o berçário do viveiro, onde tudo começa. Utilizamos canteiros elevados e um sistema automático de nebulização. Os canteiros estão localizados em um sombrite com malha de 50% de sombra e o processo de enraizamento pode variar de 06 a 18 meses, dependendo da espécie e da maior ou menor dificuldade em enraizá-la. É um processo delicado e exige muita técnica e experiência para a obtenção de bons resultados. Falta ou excesso de água, porcentagem do hormônio, tipo de substrato, intensidade de luz e a fitossanidade dos canteiros são variáveis que, se não forem bem controladas, podem resultar na perda total de um lote de estacas. O setor comporta uma produção simultânea de mais de 450 mil estacas por ano e atualmente trabalhamos com mais de 40 espécies diferentes, todas voltadas para a produção de bonsai e pré-bonsai.

 

Setor de bandejas

É a seguinte etapa, onde as estacas já enraizadas são transplantadas para bandejas com o intuito de fortalecer a planta, propiciando um melhor crescimento da parte aérea e o fortalecimento das raízes. Esse período pode levar de 06 a 18 meses e também é uma fase bastante delicada, portanto a utilização de malha de sombrite e irrigação automática são fundamentais para garantir um bom pegamento das estacas recém transplantadas. Após o período necessário, é feita uma seleção conforme o planejamento de produção, e uma porcentagem do lote é destinado ao plantio no campo. Outra porcentagem irá para potes plásticos quando o objetivo for a formação de plantas de pequeno porte.

 

Plantio no campo

Conforme o objetivo de produção, a porcentagem selecionada do material proveniente do setor de bandejas agora é plantada no campo, seguindo os princípios básicos da agricultura, tais como; preparo do terreno, análise do solo, correção do PH, adubação, etc... 
As plantas destinadas ao campo ficam no mínimo um ano plantadas no chão, onde recebem todos os tratamentos necessários, tanto fitossanitários como de podas sucessivas e conduções com tutoramento para modelagem. Não existe um período máximo para que as plantas fiquem no campo, já que isso dependerá do porte da planta que se deseja obter no processo de produção. Atualmente a área de plantio no campo gira em torno de 10 hectares com aproximadamente 150 mil plantas de diferentes espécies e tamanhos.

 

Setor de crescimento

Nesta fase, as plantas são cultivadas em potes plásticos e o objetivo principal é conseguir um incremento significativo não só de tamanho, como também de diâmetro de tronco. Iniciamos neste momento um processo de adubação controlada e podas sucessivas, sendo que esses processos podem variar conforme o objetivo da produção e a espécie que esta sendo cultivada. Após um período que, pode variar de 12 a 36 meses, a planta poderá ser utilizada na produção do bonsai, ou então ser comercializada como pré-bonsai.

 

Setor de pré-bonsai

É o setor onde consideramos que as plantas já podem ser comercializadas como pré-bonsai. As plantas que constituem este setor são provenientes do Setor de crescimento e de plantas arrancadas do campo, onde o processo de arranquio normalmente ocorre entre os meses de junho a setembro. Chamamos a essa colheita de “safra” e normalmente as plantas recém arrancadas do campo só podem ser comercializadas após passarem pelo período de curagem, onde elas emitem raízes novas e começam o processo de brotação. Dependendo da espécie e do porte da planta, esse período pode durar de 3 a 12 meses para que estas estejam em ponto de comercialização sem oferecer risco ao cliente.
O setor destinado à armazenagem de pré-bonsai e plantas em potes ultrapassa os 20.000 m² de área com irrigação automática, sendo que atualmente contamos com mais de 80.000 plantas em estoque.

 

Setor de bonsai

Após todo o processo de produção descrito acima, finalmente chegamos ao Setor de bonsai, onde as plantas são colocadas em vasos. Trabalhamos somente com vasos de cerâmica esmaltados de primeira linha e nos mais diversos tamanhos e modelos. O processo se inicia de acordo com o esquema previamente elaborado de produção e com a seleção do material que irá para o vaso. 
A seleção de plantas e vasos, e a harmonia entre esses dois elementos, regem o sistema de produção. Mão de obra especializada e muito treinamento são imprescindíveis para um bom resultado, pois as pessoas responsáveis pelo plantio deverão identificar sem dificuldades, a frente da planta, a inclinação do tronco e a posição da mesma no vaso, no momento do plantio. Na composição do substrato que utilizamos, procuramos buscar o equilíbrio entre os elementos fundamentais para o bom desenvolvimento da árvore, que é a aeração do solo, retenção de água e nutrientes e uma boa drenagem.


O período de "curagem", ou seja, o tempo necessário que a planta leva para se recuperar nesta fase, pode variar de 3 a 9 meses, dependendo da espécie com que estamos trabalhando. O controle fitossanitário durante todo o processo de produção é bastante rigoroso, pois nosso objetivo principal é trabalharmos somente com bonsai saudáveis e vigorosos. Um sombrite com mais de 2.400 m² e capacidade para 10 mil bonsai, fornece os requisitos básicos para um excelente cultivo e desenvolvimento das plantas. Uma adubação controlada e periódica, assim como podas sucessivas, compõe o resultado final do trabalho, o bonsai pronto para a comercialização.

Sistemas de Frete

Visitantes On-Line

Temos 301 visitantes e Nenhum membro online

Segurança nas compras

  

 

Visite nosso FacebookCompartilhe com seus amigos

Informações de Contato

Bonsai do Campo Ltda.

 Estrada Nova Restinga, S/N C.P. Nº 09
Porto Amazonas, PR - Cep 84140-000

  www.bonsaidocampo.com.br

 contato@bonsaidocampo.com.br

  +55 42 3256-2166

  +55 42 9113-5506

CNPJ - 11.084.181/0001-06

JoomShaper